POETAS E POESIA

POESIA

 

ANALISES POESIA

 

ENSAIO POESIA

 

LISTA DE TODOS OS POETAS

 

LIVRO DE VISITAS

 LIVRE D' OR

 GUESTBOOK

 

 Search this site

Só  Florbela Espanca

 

Ensaio sobre Florbela - Daniel Teixeira

Links sobre Florbela

Tarde no Mar

Voz que se cala

Anoitecer

A vida

A nossa casa

Caravelas

I-Gosto de ti apaixonadamente

II-Meu amor, meu Amado, vê...repara:

III-Frémito do meu corpo a procurar-te

IV-És tu!És tu!Sempre vieste enfim!

V-Dize-me, Amor, como te sou querida.

VI- Falo de ti às pedras das estradas

VII-São mortos os que nunca acreditaram

VIII- Abrir os olhos, procurara luz

IX-Perdi os meus fantásticos castelos

X-Eu queria mais altas as estrelas

Cinzento

Charneca em flor

Realidade

O maior bem

Amor que morre

Esquecimento

Ruínas

Sobre a Neve

Em vão

Neurastenia

Lágrimas ocultas

Desejos vãos

Crucificada

Ao vento

As minhas ilusões

Angústia

A minha tragédia

Espera

Fumo

Supremo enleio

Ódio?

Fanatismo

Nihil novum

O teu olhar

Saudades

Ser poeta

Tarde de mais

Vaidade

Versos de orgulho

 

 

Amiga

Alma Perdida

Loucura

Que importa?...

À morte

Suavidade

Exaltação

Navios-fantasmas

À vida

Eu...

Noite de saudade

Sem título

Ser poeta

Inconstância

Mocidade

Mendiga

Nocturno

O meu mal

Os meus versos

Pequenina

Tortura

Toledo

Se tu viesses ver-me...

Horas rubras

Conto de fadas

Frieza

 

 

Regressar ao índice geral de poetas

 

 

 

 

 

 


UK Web Hosting

Desde 25 de Outubro 2003 e quando o contador Bravenet apresentava cerca de 72.500 visitas